DESPORTO

Última Hora: João Pinheiro pediu desculpa ao Sporting pelo roubo

Publicado:

João Pinheiro
© Getty Images
Publicidade

Juiz é useiro e vezeiro em prejudicar Clube de Alvalade e não parece ter intenções de mudar atitudes

João Pinheiro foi novamente obreiro de mais uma derrota do Sporting. O juiz da AF Braga fechou os olhos a uma simulação de Ricardo Mangas – que seria expulso pois já tinha amarelo – e deu a possibilidade de o Guimarães empatar a partida. Fernando Mendes recorda o ‘espetáculo’ do árbitro no Dragão e o pedido de desculpas aos leões.

Publicidade

“Não viu as imagens muitas vezes, porque não lhe interessava, mas não há penálti nenhum. É aquela história do estar condicionado e não estar condicionado, mas o António Salvador disse há bocado, e com razão, que o Sporting não ganhou às equipas mais fortes. E o Benfica o ano passado?”, disse, na CMTV.

“Foi campeão e ganhou a quem? Façam as contas. Com Braga e Sporting ganharam a quem? Foram campeões a não ganharam ao Sporting, não ganharam ao Porto. Ganharam um jogo a época toda. Agora vamos a meio da época e há drama porque o Sporting não ganhou? Não há drama nenhum”, prosseguiu.

Publicidade

“A questão é, os árbitros, e é isso que me custa, levam treinadores a serem despedidos, há campeões fabricados… Nestes anos todos, são erros inacreditáveis! O Sporting já perdeu um campeonato com um golo com a mão. E não vi indignação nenhuma por parte de ninguém”, continuou.

“Ainda esta jornada que passou houve erros inacreditáveis. Na outra anterior houve erros inacreditáveis. Este João Pinheiro foi o mesmo que pediu desculpa ao Sporting há dois anos, no Dragão, quando o Sporting ia ser campeão. Foi ao balneário e desculpou o cartão amarelo porque se tinha enganado”, recordou.

Publicidade
Publicidade