DESPORTO

Titulares do Schmidt não vão jogar contra FC Porto; saiba porque

Publicado:

FC Porto
getty images
Publicidade hjjjh

Di María está lesionado (tem uma contusão) e falhou o jogo de domingo passado em casa do Portimonense (3-1), para o Campeonato. Mas, deve recuperar para ser opção  no clássico  da próxima sexta-feira  na recepção ao FC Porto, igualmente para a Liga. Porem a ausência do atacante argentino  no desafio do Algarve abriu as portas do onze a Neres, que fez uma grande exibição.

Esta exibição  esteve no lance do primeiro golo das águias, assistiu para o segundo e marcou ele o terceiro. O bom rendimento do avançado  brasileiro reabre uma discussão que dura praticamente desde que Di María foi, no início desta época, contratado pelo Benfica: devem os dois criativos coabitar numa equipa titular?

Para o próximo jogo, penso que é absolutamente impossível. Essa não me parece a melhor dupla para se jogar contra o FC Porto, atira Jorge Castelo, professor, treinador e comentador desportivo. Confrontado com o tema por fontes externas, a análise de Jorge Castelo é clara: Diria que é 99 por cento impossível que isso venha a suceder neste jogo com o FC Porto. Não quer dizer que não venha a ser possível de acontecer, mas, com o FC Porto, nem pensar! O corredor direito do FC Porto é muito forte e não é sustentável ter dois corredores com pouca pressão defensiva.

Publicidade
hhh

Jorge Castelo acaba por de certa forma sublinhar o argumento que Roger Schmidt já explicou algumas vezes para a não titularidade de Neres. No ataque, tentamos encontrar sempre o melhor equilíbrio. Temos Rafa em grande forma, a marcar e a assistir, tem estado muito bem tal como Di Maria. Não queremos ser demasiado ofensivos ou defensivos e tenho sempre de tomar a decisão correcta para cada  jogo.  Pensa-se que também ter dois jogadores diferenciados e com esta resposta é um luxo para o Benfica.

 

 

Publicidade
hhh
Publicidade hjjjh