DESPORTO

Rui Costa arrependido de ter contratado Roger Schmidt, veja

Publicado:

Rui Costa arrependido de ter contratado Roger Schmidt
© Getty Images
Publicidade

A carreira de Roger Schmidt

Rui Costa arrependido de ter contratado Roger Schmidt. A trajetória do Benfica na Liga dos Campeões tem sido uma verdadeira montanha-russa nesta temporada. Entretanto, na última temporada, o clube brilhou no torneio, vencendo jogos com margens impressionantes contra gigantes do futebol europeu, como o Paris Saint-Germain e a Juventus. Então, a história é diferente este ano, com o Benfica enfrentando uma série de derrotas na fase de grupos. Tornando a qualificação para as oitavas de final da Liga dos Campeões uma tarefa árdua.

O treinador Roger Schmidt, que anteriormente era amplamente elogiada, agora enfrenta críticas. Fernando Mendes, um ex-jogador que teve passagens por Benfica, Sporting e FC Porto, entre outros clubes. A opinião pública mudou em relação ao treinador alemão.

RELACIONADO

Publicidade

Última hora: Sérgio Conceição afastou craque do FC Porto, veja os motivos

“Há apenas três meses, Roger Schmidt era uma lufada de ar fresco no futebol português”, lembra Fernando Mendes. Naquela época, o treinador era elogiado por suas ideias inovadoras e pelos resultados alcançados pelo Benfica sob seu comando. Era como se ele fosse a resposta aos anseios dos torcedores.

Roger Schmidt um treinador diferente?

“Foi dito ‘finalmente, um treinador com ideias diferentes’. As pessoas diziam coisas como ‘ainda bem que este homem veio’”, ressalta Fernando Mendes, referindo-se às expressões de entusiasmo que ecoavam no futebol português na época. Houve até especulações sobre Schmidt potencialmente assumir o comando da Seleção da Alemanha ou ingressar no Liverpool.

Publicidade

Entretanto, como é comum no mundo do futebol, as opiniões mudam rapidamente. “De um momento para o outro, ele é que é o culpado”. Observa Mendes, acrescentando que as críticas agora se voltam para as escolhas de jogadores e as decisões táticas do treinador. A atmosfera no Estádio da Luz após o último jogo contra a Real Sociedad, onde Schmidt foi vaiado e lenços brancos foram exibidos, é um exemplo claro desse revés.

Portanto, o futebol é um esporte apaixonante, repleto de altos e baixos. A história de Roger Schmidt no Benfica é um lembrete de como as percepções podem mudar rapidamente, e a pressão sobre os treinadores e equipes é constante. No entanto, no mundo do futebol, uma coisa é certa: a paixão dos torcedores e a imprevisibilidade do esporte sempre serão os ingredientes que tornam esse jogo tão fascinante.

 

Publicidade

Visite a nossa página do Facebook, e mantém-te informado  Today News Sport

Publicidade