DESPORTO

Rúben Amorim indignado com a arbitragem e pode processar o VAR

Publicado:

Sporting vira motivo de gozo
© Getty Images
Publicidade hjjjh

Rúben Amorim, o treinador do Sporting, comentou sobre o lance envolvendo Gyokeres no jogo contra o Raków, que terminou em empate por 1-1 na terceira jornada do Grupo D da Liga Europa. O lance em questão gerou controvérsia e discussão sobre a decisão do árbitro.

Amorim em indiretas

Amorim não se pronunciou diretamente sobre se o lance merecia um cartão vermelho, mas enfatizou a importância de analisar o pisão no lance. Ele declarou: “Gyokeres? Não vou dizer se é vermelho ou não, mas há que olhar para o pisão.”

Além disso, Amorim abordou o aspecto do corpo a corpo no jogo, onde os jogadores estavam envolvidos em confrontos físicos. Ele observou que estava prestando atenção à maneira como seus jogadores se comportavam nesses lances, afirmando que não deseja que seus jogadores tentem machucar adversários. Ele destacou a importância de pensar de forma positiva e afirmou que o jogador em questão, Viktor Gyokeres, não jogaria nessa partida, mas seria importante para outras competições.

Publicidade
hhh

O comentário de Amorim sugere que, embora a decisão arbitral tenha gerado discussão, ele optou por não se posicionar diretamente sobre o lance, mas enfatizou a necessidade de considerar o contato físico no jogo e manter uma abordagem positiva em relação aos jogadores.

Publicidade hjjjh