DESPORTO

Rúben Amorim deixa mensagem que vai deixar os adeptos pulando de alegria

Publicado:

Rúben Amorim
© Carlos Vidigal Jr. / Global Imagens
Publicidade

Treinador dos leões satisfeito com o triunfo fora de casa.

Rúben Amorim, treinador do Sporting, em declarações à Sport TV, logo após a vitória do Sporting frente ao Farense (3-2), em jogo relativo à 7.ª jornada da I Liga e registado este sábado.

Análise: “A equipa sofreu muito porque precisou. Porque deixou em duas bolas paradas o Farense igualar o jogo. E depois com menos um, muito bem a defender e a sair na transição. Mas nós com o 2-0, com uma expulsão, temos de ter mais tempo a bola. Quisemos fazer tudo à pressa, conseguir o terceiro golo. Ir muito no entusiasmo quando temos de perceber em que fase o jogo está, que o adversário está. Nós tentámos fazer melhor na segunda parte, criámos na segunda parte, mas o jogo foi-se complicando. Acaba por ser justo. ”

Publicidade

Saída de Morten Hjulmand: “Saiu por causa das transições. Já tinha amarelo. Qualquer toque poderia gerar muita confusão e muitos gritos. Temos de precaver essas situações. Com o Paulinho ficámos com mais um, o Pote veio para trás porque é um jogador rápido nas transições e não queríamos fazer grande organização ofensiva. Depois, fecharam muito o meio e não nos deixaram jogar por dentro. Sabia que não teríamos espaço nas costas e cruzámos bastante. É diferente ter apenas um avançado ou dois. Era essa a intenção.”

Insistência nos cruzamentos: “Tínhamos de cruzar porque a bola não ia entrar por dentro. Na primeira parte não devíamos ter focado tanto no jogo interior. E na segunda parte não houve outra forma de entrar. Com o 2-2, houve mais ansiedade.”

Coates saiu lesionado: “Não sei, sentiu uma picada. Agora vamos ter uma sequência de jogos, mas haverá paragem, o que é bom. Vamos ver e avaliar amanhã.”

Publicidade

Próximo jogo na Liga Europa: “Este é que foi um jogo complicado. A nossa prioridade é o campeonato. Haverá a tal rotação porque tem de haver. Obviamente que será um jogo com muita intensidade, com uma equipa que luta por títulos em Itália, mas temos de focar-nos muito neste jogo para preparar o futuro.”

Publicidade