LIGA DAS NAÇÕES

Pepe confirma que o Qatar será o último Mundial da carreira

Publicado:

Pepe
© Getty Images
Publicidade

Pepe recusou-se a confirmar esta quinta-feira que o Mundial do Qatar será o último da sua carreira, já que completa 40 anos no próximo mês de fevereiro, numa conferência de imprensa antes do encontro com a Coreia do Sul.

O defesa-central do FC Porto admitiu que, quando sofreu a lesão que o afastou da estreia frente ao Gana, “não conseguia dormir” e só pensava em “recuperar o mais rapidamente possível”. Agora, salienta, enfrenta a concorrência “com a ambição de vencer”.

“Não vou lá… Se for a última… Estou aqui para aproveitar ao máximo essa Copa do Mundo. Me sinto honrado em poder fazer o que mais amo, que é jogar futebol.” ”, começou por dizer na véspera do último jogo da fase de grupos.

Publicidade

“Temos grandes jogadores e espero que o António [Silva] faça aqui o seu caminho natural como o Rúben Dias fez quando foi ao Mundial da Rússia. Desejo-lhe a sorte que é a nossa sorte e que ele possa jogar e jogar. seja feliz”, acrescentou.

Ao ser questionado sobre ser um dos jogadores mais experientes do time, o jogador rebateu: “Vou dar um exemplo que achei engraçado. Temos todos os ingredientes, mas se não juntarmos todos os ingredientes …”

Temos mais tipos de salada, mas não podemos deixar só a cebola. Temos que juntar tudo. Temos que trabalhar e respeitar o adversário, de que adianta ter muita qualidade? O mais importante é para o grupo saber que quem está jogando tem que dar o máximo para conquistar a vitória e ele carregou a nossa bandeira”, completou.

Publicidade
Publicidade