NOTICIAS

Mulher acusada de asfixiar a mãe até morrer

Publicado:

@Ilustração manchete
Publicidade

Mulher acusada de matar a mãe é condenada seis anos e meio de prisão.

De acordo com as informações , a mulher foi asfixiando a mãe com um pano embebido em álcool.

Publicidade

A arguida estava acusada da prática de um crime de violência doméstica e de um crime de homicídio qualificado. Em tribunal, confessou o crime, mas reiterou que nunca teve intenção de matar a mãe.

Mas também depois de muita insistência, a mulher acusada começou para as autoridades que tentou afixar a mãe, de 83 anos, com um pano embebido em álcool, tendo usado uma almofada para tapar a cara da mulher e tendo-se sentado em cima desta para a impedir de se libertar.

Publicidade

E de acordo com a declaração da acusada afirma o seguinte:“Eu não estava bem da cabeça. Mas também, eu nunca iria tratar mal a minha mãe, não lhe chamei nomes. Não tinha a intenção de a matar, não sei, não estava bem”.

A vitima foi socorrida pelo filho, que não quis prestar depoimento.

Publicidade

“Tendo admitido os factos, o tribunal deu-os como provados, mas a senhora não admitiu a intenção de matar a sua mãe. Estamos a falar do valor da vida, que é o bem supremo na nossa sociedade e isso tem que se ter em conta. Pelo que fixo a pena em seis anos e seis meses de prisão efectiva”, explicou o juiz.

 

Publicidade
Publicidade