NOTICIAS

Menina de quatro anos é encontrada morta dentro de saco de ração

Publicado:

Kemilly Hadassa Silva
Foto da criança - Kemilly Hadassa Silva
Publicidade

Um familiar admitiu que decidiu enforcar a criança depois que ela gritou durante o estupro.

Kemilly Hadassa Silva, uma menina brasileira de quatro anos que foi dada como desaparecida no sábado, foi encontrada morta com sinais de violência no domingo em Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro. O corpo da criança foi descoberto dentro de um saco de comida, informou a CNN Brasil.

Publicidade

As autoridades prenderam um membro da família da criança sob a acusação de assassinato e estupro. Reynaldo Rocha Nascimento, 22 anos e primo em segundo grau de Kemilly, confessou os crimes. Durante a sua detenção, vários membros do público reuniram-se para atacar e insultar o jovem.

Reynaldo aproveitou que a mãe da menina não estava em casa para abusar sexualmente dela. Percebendo que a criança estava gritando e que poderiam pegá-la, decidiu enforcá-la.

Publicidade

As autoridades vão investigar a mãe de Kemilly, que deixou a criança sozinha em casa sob a supervisão dos dois irmãos, de sete e oito anos, para ir a uma festa.

Publicidade
Publicidade