Uncategorized

Fome no distrito de Caia

Publicado:

fome
Publicidade

 

Fome em Moçambique leva população a recorrer às ‘folhas’ quando a população fica sem comida, improvisam e fazem uma dieta “à base de chima,.

A população de moçambique especialmente em caia quando não têm dinheiro para ir ao mercado, eles recorrem às folhas de árvores”.

Publicidade

A Cerca de 18 mil agregados familiares (89 mil pessoas) estão em situação de insegurança alimentar ou melhor a fome. No distrito de Caia, província de Sofala na região centro de Moçambique, alegam as autoridades.

Mas também o administrador local Nobre dos Santos alega que a população recebe ajuda estatal e de organizações humanitárias. O administrador também afirma que um dos motivos que fez com que afectasse a produção agrícola foram as inundações causadas pelo ciclone Freddy, particularmente nos postos administrativos como Murraça, Sena e Vila-sede distrital que devastou  30 mil hectares de culturas diversas, automaticamente provocando grande falta de comida

O administrador ainda menciona que “nos últimos meses, temos notado uma população significante de elefantes a afetar campos agrícolas trazendo mais fome para o distrito.

Publicidade

Trazendo privação de uma alimentação com qualidade, nutritiva e suficiente durante o ano, automaticamente gerando malnutrição e desnutrição, provocando mal-estar físico e psicológico impactando no desenvolvimento. Mas trazendo consequências drásticas porque na vida de crianças, jovens bem como adultos.

Publicidade