DESPORTO

Dragões vão entrar ao campo de guerra com dois centrais portugueses contra Benfica

Publicado:

Publicidade hjjjh

Dragões apresenta dupla de centrais lusos na Luz: a útima vez foi em 2009.

O FC Porto prepara-se para disputar um clássico no Estádio da Luz com dois portugueses no eixo da defesa pela primeira vez em… 14 anos. Apesar de o clube ter uma forte tradição na formação de jogadores para a posição, desde a temporada de 2009/10 que isso não acontecia. Bruno Alves e Rolando haviam sido os últimos, num jogo de má memória para os azuis e brancos, que perderam por 1-0 [ver galeria].

Desde 2009 que os dragões não se apresentam no estádio benfiquista com dois centrais portugueses. David Carmo avança para o quarto jogo consecutivo no onze e dá mostras de solidez mental. A dúvida reside no parceiro: Fábio Cardoso está de prevenção para a eventualidade de Pepe não recuperar.

Nesta fase, porém, ainda não é possível apontar com exatidão a sociedade lusa que a sucederá. Tudo dependerá de Pepe, que ainda recupera de um problema muscular. Os dragões mantêm a esperança na disponibilidade do capitão, mas é com Fábio Cardoso e David Carmo que Sérgio Conceição vai trabalhando por agora. Se a opção final for essa, será a reedição da parceria utilizada no embate com os encarnados na primeira volta do campeonato anterior, que, na altura, se jogou no Dragão.

Publicidade
hhh

Este “regresso ao passado” foi proporcionado pela lesão de Marcano, que atirou com David Carmo para a frente de batalha. O esquerdino avança para o quarto jogo consecutivo no onze e dá mostras de solidez mental: apesar de ter errado no golo do Gil Vicente, não mais tremeu e assumiu-se como o patrão à falta de Pepe. A consistência, de resto, coloca-o no radar do Nápoles, depois de o FC Porto ter recusado todas as abordagens pelo jogador no verão (Conceição nem quis ouvir falar da saída).

Além disso, a hipótese de Carmo ser chamado à Seleção num futuro próximo também ganha força a cada jogo que faz, não só por ser esquerdino, mas também por poder jogar em dois sistemas. E com Roberto Martínez atento, o clássico pode ser o palco ideal para a dupla portuguesa que jogar marcar pontos juntos do selecionador nacional.

Sigam-nos no Facebook

Publicidade
hhh

 

Publicidade hjjjh