Uncategorized

Chegou como um grande no plantel de Rúben Amorim e acabou passando vergonha

Publicado:

Sporting
© Getty Images
Publicidade hjjjh

O lateral espanhol representou o Sporting apenas por meia temporada, em 2022/23.

Chegou como um grande nome para o plantel de Rúben Amorim, mas Héctor Bellerin não foi muito mais do que isso em Alvalade – um nome. Participou em 13 jogos pelo Sporting na segunda metade da última temporada, assinando até um golo, mas sem mostrar os créditos outrora dados no Arsenal ou no Barcelona.

Agora que está de regresso ao Real Betis, definitivamente, após um temporada emprestado em 2021/2022, o lateral espanhol explicou a sua decisão em entrevista à magazine da Liga Europa, onde está inserido o clube.

Publicidade
hhh

“O meu corpo estava a pedir-me para voltar para casa. Era a única coisa que queria; era o momento mais importante da minha carreira. Queria assentar no Betis, algo que era o mais importante para mim, poder jogar aqui até me reformar”, disse Bellerín.

Na despedida do Sporting, em julho, altura em que assinou pelo Betis, Bellerín deixou uma mensagem de agradecimento ao Sporting. “Sportinguistas, muito obrigado pelo tempo que passámos juntos. Tenho a certeza que esta equipa vai longe. Sou muito grato aos meus companheiros, ao mister, e aos adeptos pelo apoio nesses meses. Sempre leão”, prometeu Hector.

Publicidade
hhh